Cadeirinha: quando é obrigatório usar o equipamento de segurança no carro

Tire suas dúvidas sobre o transporte de bebês e crianças pequenas antes da volta às aulas

Veículos particulares são obrigados a usar a cadeirinha desde 2010 — Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil.


Código Brasileiro de Trânsito (CTB) estabelece regras para o transporte de crianças de até dez anos em diversas categorias de veículos. Com a época de volta às aulas, é comum que surjam dúvidas por parte de pais e responsáveis, referente ao tipo de equipamento que deve ser usado de acordo com idade, além da obrigatoriedade de uso do equipamento.

De acordo com o Artigo 64 do CTB, crianças com idade inferior a 10 anos e que tenham menos de 1,45 metro de altura devem ser transportadas no banco traseiro em assento específico, determinado de acordo com idade, peso e altura. Apesar de se usar os dez anos como referência, a partir dos sete anos e meio, caso a criança tenha atingido a altura mínima estipulada, já é possível transportá-la apenas com o cinto de segurança do veículo.

Confira o tipo de assento adequado para cada fase de desenvolvimento da criança:

Tipos de assentos para transporte de crianças

Até 1 ano de idade ou 13kg1-4 anos, ou de 9 a 18 kg4-7,5 anos, ou de 15 a 36 kg e até 1,45 m7,5-10 anos, com mais de 1,45 m
Equipamento denominado "bebê conforto ou conversível"Equipamento denomidado "cadeirinha"Equipamento denominado "assento de elevação"Cinto de segurança do veículo

Fonte: Art. 64 CTB/Contran 

O Artigo, ainda, traz as determinações do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) quanto aos veículos isentos de obrigatoriedade no uso dos assentos de segurança. De acordo com a Resolução 819/2021, são livres de fiscalização quanto ao uso dos equipamentos de retenção veículos de transporte coletivo de passageiros, de aluguel, de transporte remunerado individual durante a prestação do serviço (táxis e carros de aplicativo), de transporte escolar e demais veículos que tenham peso superior a 3,5 toneladas.

Voltando no tempo, em dezembro de 2016, o Comitê Executivo do Contran suspendeu lei que passaria a fiscalizar o uso da cadeirinha por parte de vans e ônibus escolares a partir de janeiro de 2017. Na época, o órgão apontou dificuldades técnicas, econômicas e sociais como obstáculos para que a lei entrasse em vigor, além da falta de opção quanto às cadeirinhas adaptadas para o cinto de segurança subabdominal.

Fonte: https://autoesporte.globo.com/mobilidade/noticia/2024/01/cadeirinha-quando-e-obrigatorio-usar-o-equipamento-de-seguranca-no-carro.ghtml 





Compartilhar esta publicação
Nossos blogs
Arquivar